Terça, 23 de Julho de 2024
24°

Tempo limpo

Cuiabá, MT

Brasil Pastor Preso pela PF

Polícia Federal prende pastor que teve prisão determinada por Moraes

Fabiano Oliveira é um dos alvos de operação que foi realizada na última quinta-feira a mando do ministro do Supremo

19/12/2022 às 13h22 Atualizada em 19/12/2022 às 14h06
Por: Redação Oficial News Fonte: Site Pleno News | Paulo Moura
Compartilhe:
Foto: Divulgação Internet
Foto: Divulgação Internet

O pastor Fabiano Oliveira, alvo de um mandado de prisão emitido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), no âmbito de uma operação realizada contra manifestantes que se opõem ao resultado das eleições, foi preso nesta segunda-feira (19) no Espírito Santo. A detenção foi confirmada pela Polícia Federal.

Oliveira estava em um ato que acontece em frente ao 38° Batalhão de Infantaria do Exército em Vila Velha, que fica na Grande Vitória, no Espírito Santo. O superintendente da Polícia Federal no estado, Eugênio Ricas, informou que o pastor não reagiu à prisão.

– Foi preso pela PF, sem resistência, encaminhado ao DML [Departamento Médico Legal] e entregue ao sistema prisional – detalhou Ricas.

Segundo o superintendente da PF, o pastor não teria sido preso antes porque um grupo de pessoas se colocou em frente ao batalhão e, por causa disso, a PF entendeu que uma ação naquele momento poderia ser revidada, colocando em risco a integridade de terceiros.

Oliveira é um dos alvos da operação que cumpriu mais de 100 mandados desde a última quinta (15) em oito estados e no Distrito Federal. As ordens foram determinadas por Moraes em uma operação que é relacionada ao chamado inquérito dos atos antidemocráticos ligados ao 7 de Setembro e aos chamados inquéritos das fake news e das milícias digitais.

QUEM É FABIANO OLIVEIRA

  • Oliveira se identifica nas redes como pastor evangélico, mas não atua em nenhuma igreja.
  • O bolsonarista se declarou "motorista" em depoimento prestado à Polícia Civil, no final de novembro.
  • Oliveira segue na sede do 38º BIB (Batalhão de Infantaria Blindada), em Vila Velha (ES).
  • De lá, ele tem gravado e postado vídeos nas redes sociais contestando o resultado das eleições.
  • Ele também incita outros bolsonaristas a fazerem o mesmo. Sua prisão foi decretada há quatro dias pelo STF (Supremo Tribunal Federal)...
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.