Sábado, 22 de Janeiro de 2022
25°

Nuvens esparsas

Cuiabá - MT

Agricultura São Paulo

Campinas recebe quatro novos laboratórios de pesquisa agropecuária

Vice-Governador Rodrigo Garcia participou de solenidade no IAC pelos 130 anos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP

30/11/2021 às 15h15
Por: Redação. Fonte: Secom Estado de São Paulo
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Estado de São Paulo
Foto: Reprodução/Secom Estado de São Paulo

Campinas recebe quatro novos laboratórios de pesquisa agropecuária
Foto: Reprodução/Secom Estado de São Paulo

O Vice-Governador Rodrigo Garcia participou nesta terça-feira (30), em Campinas, da cerimônia de inauguração de quatro novos laboratórios de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia agropecuária. A solenidade foi realizada na sede do IAC (Instituto Agronômico), em celebração aos 130 anos de atuação da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

“Neste aniversário de 130 anos da Secretaria da Agricultura, o Governo de São Paulo homenageia o agronegócio paulista e brasileiro fazendo mais investimentos em pesquisa e ciência. Novos laboratórios permitem que o Estado possa disseminar novas culturas por todo o Brasil, o que aumenta a produtividade e a renda no campo. São investimentos que darão muitos resultados positivos ao agronegócio”, afirmou Garcia.

O investimento para os novos laboratórios foi de R$ 1,8 milhão. Em Campinas, passa a funcionar a nova planta-piloto de processamento térmico do Instituto de Tecnologia de Alimentos. O espaço será usado em pesquisas para inovação em processos de pasteurização e esterilização de alimentos perecíveis.

Também na região de Campinas, a cidade de Nova Odessa passa a sediar o laboratório de aves e ovos do Instituto de Zootecnia, que vai atender demandas sobre qualidade, genética, reprodução, bem-estar e difusão de conhecimentos em diferentes sistemas de produção na avicultura.

Outros dois novos centros de pesquisa ficam na capital. O laboratório de experimentação em sanidade de peixes do Instituto da Pesca será utilizado para combate a bactérias e vírus na produção de pescado.

Já o laboratório de doenças de suínos do Instituto Biológico passa a promover análises para viabilizar o comércio e a exportação dos animais, garantindo a sanidade da suinocultura e a qualidade da carne brasileira.

“Nosso principal desafio é a retomada após os impactos da pandemia. O que buscamos agora é criar novas alternativas de produção sustentável. Temos que produzir cada vez mais em menores áreas e com mínimo uso de defensivos e fertilizantes, por isso estamos investindo muito em pesquisa”, declarou o Secretário de Agricultura e Abastecimento, Itamar Borges.

A solenidade em Campinas também foi marcada por anúncios de novas iniciativas do Estado para qualificar e dar ainda mais competitividade ao agronegócio paulista. Uma delas é o novo decreto de inspeção do Sisp (Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal).

O texto permite que São Paulo dê continuidade à adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal, o que vai ampliar a comercialização de produtos da agroindústria paulista em todo o território nacional.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.