Sábado, 04 de Dezembro de 2021
28°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

Economia Santa Catarina

Prodec habilita mais de R$ 60 milhões em investimentos privados no estado

“O Prodec, assim como outros programas de incentivo do Governo do Estado, são fundamentais na promoção do desenvolvimento, pois são o impulso neces...

25/11/2021 às 08h10
Por: Redação. Fonte: Secom Santa Catarina
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

“O Prodec, assim como outros programas de incentivo do Governo do Estado, são fundamentais na promoção do desenvolvimento, pois são o impulso necessário que muitas vezes o empreendedor precisa para tirar o projeto do papel, ou mesmo trazer a empresa para Santa Catarina, investir no estado e gerar emprego e crescimento nas regiões”, avaliou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon.

Novos Projetos

A sexta reunião do Prodec de 2021, coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), aprovou a expansão de projetos em quatro regiões diferentes do estado. O maior investimento será em Pomerode, com valor de R$ 35 milhões, onde uma empresa que fabrica bombas de fusos e peças de bombas de fusos vai expandir a capacidade produtiva. A ampliação pretende gerar 60 empregos diretos.

O segundo maior investimento habilitado será em Ponte Serrada no valor de R$ 6,7 milhões e criação de 70 empregos diretos. O projeto de expansão é referente à indústria de fibra de vidro e será gradativo, tanto da produção, quanto do desenvolvimento logístico de vendas.

Em Biguaçu, na Grande Florianópolis, com investimentos privados previstos de R$ 10 milhões e estimativa de gerar 56 empregos diretos, haverá a expansão de um parque fabril para o desenvolvimento de novas linhas de produtos.

Por fim, uma metalúrgica localizada em Luiz Alves foi habilitada com investimento de R$ 12,2 milhões também para a ampliação da produção.

Prodec

O programa tem como finalidade conceder incentivo à implantação ou expansão de empreendimentos industriais, que visem produzir e gerar emprego e renda em Santa Catarina. Com as prerrogativas de que o projeto incentive o desenvolvimento das cidades, principalmente as com baixo IDH, gerem emprego por meio da inovação e da sustentabilidade.

“O Prodec possibilita a postergação de impostos equivalente a um percentual pré-determinado sobre o valor do ICMS a ser gerado pelo novo projeto. Ou seja, o empreendedor consegue investir no estado e tem tempo para começar a lucrar, até começar a pagar. Com isso, o estado também ganha, com a geração de empregos e incremento na economia”, explicou o diretor de Empreendedorismo e Competitividade da SDE, Carlos Alberto Arns Filho.

Texto: Pablo Mingoti

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.