Domingo, 05 de Dezembro de 2021
25°

Muitas nuvens

Cuiabá - MT

Política Eleições 2022

Com Kassab e Pacheco, PSD realiza evento neste fim de semana

As principais lideranças do Partido Social Democrático (PSD) reunidas. Em pauta, a organização do partido visando as eleições de 2022

23/10/2021 às 11h39 Atualizada em 23/10/2021 às 14h32
Por: Redação. Fonte: Redação Oficial News
Compartilhe:
Foto: Divulgação PSD
Foto: Divulgação PSD

Com Kassab e Pacheco, PSD realiza evento neste fim de semana

 

As principais lideranças do Partido Social Democrático (PSD) estarão reunidas, neste fim de semana, no Rio de Janeiro. Em pauta, a organização do partido visando as eleições de 2022 e a situação política e econômica do Brasil. O evento, contará com a presença do presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab, e com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Presidente do PSD em Mato Grosso, o senador Carlos Fávaro também confirmou presença.

 

Para o senador, não há momento melhor para que o PSD trate destas questões como agora. “O PSD tem ouvido suas bases e preparado uma proposta para o país, para sairmos desta grande crise que atravessamos neste momento. Em breve, vamos apresentar isso para a população e demonstrar qual o melhor caminho”.

 

Além da construção de uma proposta para o país, o partido tem trabalhado na formação de alianças regionais e buscado novos filiados, como o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o próprio Pacheco, que na próxima semana assinará a sua ficha de filiação.

 

Em Mato Grosso, o partido já conta com 15 prefeitos e 11 vice-prefeitos e a expectativa, conforme o presidente regional, é que este número aumente nas próximas semanas. “Temos conversado com muitos prefeitos, demonstrando a importância de se fazer uma política que mude para melhor a vida das pessoas e, com isso, recebido a adesão de muitos deles. Com toda a certeza, vamos chegar a pelo menos 20 prefeitos”.

 

Para as eleições do ano que vem, o partido já tem definido o apoio à candidatura do deputado federal Neri Geller ao Senado, em conjunto com o Progressistas e o MDB. “Estes três partidos também possuem o compromisso de, se confirmada por ele, apoiar a candidatura à reeleição do governador Mauro Mendes”, informou Fávaro que também tem trabalhado para a formação de chapas para as eleições proporcionais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.