Sábado, 04 de Dezembro de 2021
26°

Alguma nebulosidade

Cuiabá - MT

Geral Mato Grosso

Apiacás comemora 33 anos com parcerias do Governo do Estado

São investimentos em infraestrutura e em educação indígena, além de ajuda financeira emergencial e entrega de cestas básicas a famílias carentes do município.

03/07/2021 às 18h40 Atualizada em 03/07/2021 às 23h43
Por: Redação. Fonte: Secom Mato Grosso
Compartilhe:
- Foto por: Prefeitura de Apiacás
- Foto por: Prefeitura de Apiacás

Apiacás, município localizado no norte mato-grossense, na divisa com Pará, com 10.283 habitantes e a 962 quilômetros de Cuiabá, comemora 33 anos de emancipação administrativa neste sábado, 06 de julho, com ações do Governo do Estado em infraestrutura, educação, saúde e assistência social.

Foi assinada ordem de serviço para a pavimentação de 58 quilômetros da MT-206, entre e Apiacás e o acesso à Hidrelétrica Teles Pires, em Paranaíta. A obra, resultado de uma parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Paranaíta, vai impulsionar a economia da região incentivando à produção agrícola e extração e o escoamento do calcário. Ao todo serão investidos R$ 41,1 milhões em sua execução.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) enviou em março deste ano à Escola Estadual Indígena Itaawyak, na Aldeia Kururuzinho, da etnia Kayabi, entre Apiacás  e Jacareacanga (PA), livros de matemática bilíngues (português e na língua materna).

A escola, concluída em agosto de 2019, é resultado de uma parceria entre Seduc e empresa São Manoel Energia. São seis salas de aula, laboratório de informática, refeitório, quadra poliesportiva e alojamento para os professores, além de cinco salas anexas. Atende quatro aldeias e três etnias: Kayabi, Munduruku e Apiacá.  

Por causa da pandemia, os professores índios fazem plantões tira dúvidas e atendimento não presencial. Às segundas-feiras são repassadas atividades da semana.

Assistência Social

Por meio da Setasc (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social), além da recente entrega de 169 cartões do Ser Família Emergencial, foram doados a famílias carentes do município 800 cestas básicas entre 2020 e 2021, pelo programa Vem Ser Mais Solidário, e 65 cobertores, pelo Aconchego, em 2019 e 2020.

Também pela Setasc, em parceira com o Senar/MT, foram feitos no município 620 atendimentos pelo Mutirão Rural. Além de esporte e lazer, são atendimentos em assistência médica, odontológica, noções de higiene, palestras preventivas e técnicas e ações culturais. Também são emitidos documentos pessoais, como carteira de identidade, carteira de trabalho, CPF, título de eleitor e certidão de nascimento.

Saúde e repasses

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) repassou ao município 850 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 37.087 comprimidos, entre azitromicina (4.560), ivermectina (3.648) e dipirona (28.879), também distribuído em gotas, com 709 frascos. 

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 21,46 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 705,6 mil em assistência social e transporte escolar entre 2019 e 2020; e R$ 813,46 mil em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021.

Economia

Segundo o IBGE, em 2018, administração pública, com R$ 61,018 milhões, e serviços (R$ 49,611 milhões) responderam por 71,4% do Produto Interno Bruto (PIB) Municipal, avaliado em R$ 154,943 milhões.  Agropecuária (R$ 23,12milhões) e impostos (R$ 13,749 milhões) fecharam a soma. O PIB per capita no período era de R$ 15.526,95.

No mesmo ano, 183 empresas ou organizações sediadas em Apiacás pagaram R$ 27,129 milhões, entre salários e outras remunerações, a 932 pessoas (10,8% da população), das quais 932 assalariados. Média mensal de 2,2 salários-mínimos.

O município conta com um rebanho bovino com 283,5 mil  cabeças, das 900 vacas ordenhadas, com 1,015 milhão de litros de leite e com um rebanho galináceo com  13,2mil cabeças, das quais 7 mil galinhas, com 78 mil dúzias de ovos, além de três mil suínos, três mil equinos e 537 caprinos. Na agricultura, produz banana, café, laranja, limão, abacaxi, mandioca, melancia e tomate.   

História

O nome é uma referência ao Rio e à Serra dos Apiacás, que homenageiam o povo indígena Apiaká. No final do século XIX (1891) foi criada uma agência de arrecadação fiscal no território do atual município.

A colonização efetiva ocorreu nos anos de 1980, com Ariosto da Riva, fundador de Alta Floresta, do qual Apiacás este subordinado quando ainda era distrito. Foi elevado a município em 06 de julho de 1988, embora comemore seu aniversário três dias antes.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.